Em outubro de 2019 foi realizada uma roda de conversa entre pesquisadores brasileiros e franceses e moradores da comunidade pesqueira de Maria Ortiz, localizada à margem do Rio Doce, em Colatina (ES), afetada pelo desastre associado a ruptura da barragem de rejeitos de Fundão, em Mariana (MG), em 2015.

Discutiram-se as diferentes impactos econômicos, sociais e a saúde dos moradores, as percepções acerca do riscos pré e durante o impacto, as transformações na vida dos moradores que ainda perduravam, as ações tomadas pelos diferentes atores envolvidos para mitigar os danos e relação dos mesmos com a comunidade. A roda de conversa foi organizada pelo Núcleo de Estudos Urbanos e SocioAmbientais (UVV-ES)

Encosta Viva