Foi realizada em abril de 2019 uma roda de conversa com atores envolvidos com o tema de RRD/sustentabilidade de Vila Velha, tendo participado pesquisadores da UVV (ES), UFRJ (RJ) e UENF (RJ), Defesa Civil de Vila Velha, ONGs e gestores públicos e associação de moradores.

Foram empregados meios imagéticos como forma de incitar a reflexão sobre o tema de RRD e sustentabilidade na cidade de Vitória, se inspirando na método Photovoice adaptado que permite visualizar as percepções dos indivíduos acerca de suas realidades, facilitando o debate sobre o tema em foco.

Através do método, fez-se uma exposição de imagens, o que fez suscitar discussões acerca dos temas de falta de educação, omissão dos gestores públicos, demanda por uma abordagem mais técnica dos riscos, problemas relacionados a remoção de moradores, relativização dos riscos por parte de moradores, instalação de serviços públicos por empresas privadas mesmo em situações de risco, disputa territorial  entre moradores de área de risco e instituições privadas, exploração imobiliária, influência política nesse processo, problema relacionado a migração excessiva para os grandes centros urbanos, solidariedade aos flagelados da enchente de 60, recorrência das inundações; expectativa de futuro melhor pelas novas tecnologias, a esperança na união e solidariedade.

A roda de conversa foi organizada pelo Núcleo de Estudos Urbanos e SocioAmbientais (UVV-ES) com apoio da Fundação de Amparo a Pesquisa do Espírito Santo (FAPES).

Encosta Viva